sábado, 1 de fevereiro de 2014

Qual a melhor maneira de nadar em alto mar ou num rio? Natação e câimbras?


Essa pouca gente sabia, mas digamos que você esteja num rio e tenha que nadar pra sair dele ou seu bote ou barco em alto mar afunda e você tem que nadar pra sobreviver, qual a melhor maneira de nadar e sobreviver?

Nadar braçada, claro! É mais rápido!

Não! Pra você nadar braçada tem que no mínimo fazer um grande alongamento e ter fôlego! A maioria das pessoas que sabem nadar e que morrem em rios e no mar morrem porque nadam braçada e morrem porque uma câimbra muito ruim dá numa das pernas!

Ou seja: a pressa é inimiga da perfeição!

Existem dois tipos para se nadar em alto mar e em rios sem sofrer câimbras terríveis e sem se afogar:

Nadar cachorrinho: a forma mais antiga de natação e simples, não exige muito saber, mas sim atenção. O problema de se nadar cachorrinho é que te tira muito o fôlego!

Nadar de costas sem braçadas: você precisa apenas boiar e empurrar para baixo a água com as mãos e com os pés se guiando pra frente. Como um barco que atravessa um rio: seus pés e mãos se transformam em motores e seu corpo no barco.

Nadar de costas sem braçadas pode ser demasiadamente demorado, mas é muito fácil, além de não exigir muito fôlego e nem dar câimbras. Se você cansar basta se esticar um pouquinho e boiar na água.

Nadar braçadas é rápido e para lutar contra uma correnteza dum rio ou mar é ideal, mas se você não fez alongamento antes não adianta nem tentar... Você terá uma câimbra terrível numa das pernas ou nas duas e morrerá afogado literalmente!

Entenda:

Pra você nadar braçada e não sofrer câimbra você tem que esticar seus nervos primeiro fazendo alongamentos. E tem que ter fôlego. Se você treinar natação e fazer exercícios físicos regularmente a chance de morrer afogado porque você nadou braçada sem alongamento é mínima! Porque se faz natação e exercício regularmente seu organismo e nervos estão mais acostumados, contudo isso não garante que enquanto estiver atravessando um rio te dê uma câimbra na perna e você afunde como o Titanic! Antes de nadar braçada você tem que no mínimo esticar os nervos das pernas.

Aliás, alongamento evita câimbras futuras e dores nas juntas na velhice. Observe seu cão, seu gato e veja que antes deles caminharem ou correrem eles se alongam bem e se espreguiçam!

Talvez esteja aí o êxito que os cachorros têm ao nadar cachorrinho!


Abaixo quadro com tipos de natação e nível de esforço físico: