segunda-feira, 1 de junho de 2015

Brasileiro gosta de resumo? Brasileiro e a preguiça de ler!




Quem nunca pegou o resumo daquele livro chato pra apresentar pra professora de literatura que atire a primeira pedra!

Da questão histórica

A problemática da educação começou sem dúvida no Brasil colônia e piorou com a adesão à república, porque no governo de Dom Pedro II parecia estar se amenizando.


Da questão genética

O mais engraçado disso tudo é que os brasileiros odeiam ler, mas assistem a novela chata da Globo (Globosta). O que parece não vir da linha genética. 


O problema é mais em cima!

Sem dúvida é do governo parte da culpa dessa cultura resumo. Outra parte se deve ao tempo, poucas pessoas tem tempo para ler e quando o tem ocupam-se com coisas que as divirtam (novela?).


É preguiça ou chatice?

É um erro achar que tudo é pura preguiça! Preguiça é estado de semi-sono quando a pessoa não dormiu o suficiente (é diferente de insônia e sono que são um estado acentuado).

Mas se o livro for muito grande dá sono, né, não?
 Dá sono se for chato!

Tudo que é interessante te motiva e se te motiva, então xô, preguiça! Quantas vezes tu já dormiu assistindo um filme ou na aula de algum professor?


Da genética

As múltiplas inteligências podem explicar o interesse ou o desinteresse das pessoas em determinada matéria ou área. Uma pessoa que gosta de história não se dá bem com matemática, e a pessoa que é boa na matemática acha inútil história. 

A genética faz você gostar ou não de certa coisa. Mas só porque você não gosta, não significa que é desinteressante.


Da problemática da educação mais uma vez

Falta material e professores para fazer o aluno avançar. O que mais ouço dos jovens é: “É culpa do professor, ele só passa o texto no quadro, dá uma explicadinha e manda a gente ler o livro ou o caderno”!
Outra é que falta material audiovisual para trazer o interesse ao aluno!


O áudio visual é muito interessante!!!

A natureza humana é audiovisual! Ou seja: ouvimos e vemos desde a época primitiva, quando nossos ancestrais se pareciam com chimpanzés! Um animal por exemplo vê e ouve para aprender. Pronto eis o porque temos preguiça muitas vezes de ler.

Fazer uma conta ou ler não é da natureza primitiva do ser humano. Isso envolve processamento cerebral, algo que um macaco não é capaz de fazer.
Então por isso ler ou fazer aquela conta dá um desanimo às vezes. Mas se você fazer da leitura e da matemática um costume logo, logo não terá tanta preguiça de ler ou fazer certo calculo seja ele o mais desanimador possível.


Tá, mas o brasileiro gosta de resumo e é preguiçoso realmente?

Por gostar tanto de novela, ou as vezes por assisti-las, resumo que não (kkkkkkkk). Ademais não são só os brasileiros que resumem, em todo o mundo existe isso, mas aqui é intensificado por conta do baixo e pouco investimento do governo em educação. Resumo é bom sim, mas se for estudar certa área não dá pra se pular certas coisas.

Então: brasileiro gosta de resumo porque ou não tem tempo, ou porque não tem tanto interesse e porque falta a cultura do verdadeiro aprendizado no Brasil. E sobra a preguiça como disse: se há interesse, não há espaço para ela!
Alguns culpam o clima quente por deixar as pessoas moles, e realmente pode ser isso. Mas então não seria bom o brasileiro aproveitar um dia muito quente para ler um bom livro debaixo da sombra de uma árvore?


Mas faltam livros bons no mercado!

Realmente faltam. Mas a internet dá uma quebrada no galho, né!

Aí sim é deixar a preguiça de lado e procurar algo interessante e bom para ler!