sábado, 7 de maio de 2016

Crianças, idosos, deficientes, jovens, magros, gordos e pessoas com QI baixo estão no grupo de pessoas com dificuldades físicas ou mentais

A famosa fotografia de um grupo de judeus presos recém libertados pelos russos no campo de Auschwitz durante a Alemanha Nazi. O pôs Segunda Guerra mundial abriria passagem para uma nova forma de humanismo que encerrava a idade da razão sem emoção.

É de conhecimento comum que uma criança ou um idoso tem dificuldades para aprender ou andar; pois uma criança muito nova não tem maturidade física e mental, já um idoso tem maturidade pra mais. Um ditado comum fala que “um idoso é como uma criança”!

O que a maioria das pessoas não sabem é que os jovens, pessoas com QI baixo, gordos e magros e deficientes estão todos no mesmo barco! Embora os jovens, gordos, magros e deficientes tendem a saber ler, escrever e compreender; isso não os torna adultos conscientes de suas ações.


Jovens

Embora um jovem tenha uma disposição física e mental incrível, ele é imaturo o suficiente para entender sobre suas limitações! Um jovem pode achar divertido andar de montanha russa ou dar um salto mortal na piscina, ignorando assim a probabilidade de chances de sofrer um acidente ou de ficar bêbado com facilidade, ignorando os  riscos que ficar embriagado causa a saúde e tornando suscetível a sofrer acidentes e até a morte.


Pessoas com QI baixo

Contudo um jovem que tenha grande inteligência (Consciência de Inteligência ou Quociente de Inteligência) saberá que andar de montanha russa é perigoso e opte por andar de roda gigante e que dar salto mortal na piscina possa ser substituído pela simples ação de se atirar de pernas pra baixo na piscina, evitando assim o risco de quebrar as principais partes do corpo humano (cabeça, pescoço e tórax).


Deficientes

Uma pessoa deficiente é facilmente compreendida sobre suas limitações, pois a sua deficiência é bem visível ou bem acentuada! Um jovem e uma pessoa de QI baixo dificilmente serão reconhecidos na rua por suas limitações; mas uma criança, um gordo, um magro, um deficiente e um idoso serão facilmente colocados como vulneráveis ou incapazes.


As aparências enganam!

A intenção de criar esse post era pra refletir que existem outros grupos (jovens e pessoas de QI baixo) que enfrentam problemas sociais ou físicos. Outro grupo é de pessoas com pele tipo 1 e 2 em países tropicais como o Brasil. Um ruivo ou um loiro se limitam a sair no Sol numa área tropical, o que é empecilho na vida deles!


A inconsciência histórica

A mesma inconsciência que levou Hitler a criar seu programa de super-homens (onde deficientes, magros, gordos, LGBTs, pessoas de outras raças, etnias e idosos eram assassinados) acabou quando ele perdera a guerra da mesma maneira que Napoleão Bonaparte na Rússia, perdendo para os russos que são um povo eslavo e que eram taxados por sociólogos europeus antigos e nazistas como inferiores ao europeu germânico.


O ser humano é um ser frágil fisicamente!

Hoje, todos sabemos da fragilidade física! Ninguém é feito de aço. Precisamos respirar, comer, beber, urinar e defecar. Isso sem contar outras tarefas fisiológicas latentes internamente (feito pelas células) ou externamente (sexo entre dois indivíduos).


A mania do homem ainda em acreditar na superioridade masculina sobre a mulher ou de um jovem sobre um idoso acaba na morte, quando o homem morre antes da mulher e o jovem antes do idoso simplesmente por não ter consciência (QI) sobre suas limitações.